Erros em expressões orais I

Cada vez mais comuns são as alterações orais que acontecem na Língua Portuguesa. Além destas, a oralidade também acaba influenciando – e atrapalhando – os falantes do idioma na hora de passar expressões do cotidiano para a escrita. Abordarei neste artigo alguns erros comuns, e que vêm acontecendo com cada vez mais frequência em registros escritos do idioma:

HEIN

A interjeição usada para expressar dúvida, incompreensão ou resposta a um chamado vem cada vez mais sendo grafada erradamente pelos Brasileiros. As grafias mais comumente usadas são “heim” e “em“. A grafia correta, HEIN (com H mudo no início e N no fim), pode ser conferida no VOLP (Vocabulário Ortográfico de Língua Portuguesa), confeccionado pela Academia Brasileira de Letras.

NADA A VER

Expressão comum na linguagem oral, ao ser transferida para a escrita acaba confundido quem a usa. A escrita “nada haver” é incorreta, e “nada a haver” possui sentido diferente. Deixando de lado as tecnicidades do assunto, vejamos o seguinte raciocínio:

Quando uma coisa não tem nada a ver com a outra…
ela não tem nada a ser visto em relação à outra…
assim não tendo nada que se pareça com a outra.

Nada haver significa não existir nada.
Ex.: Ficou assustado por nada haver dentro da casa.

nada a haver sigifica nada ter a receber.
Ex.: Com a abertura do testamento ele não terá nada a haver da herança.

DE REPENTE

Erro tão simples quanto amplamente cometido. É incorreto escrever derrepente, já que a expressão utiliza a palavra repente, que significa “dito ou ato repentino, movimento impulsivo (…)“.

Espero ter sido claro.

Até a próxima. 🙂



Deixe seu comentário:




adjetivo adjetivos comparatives comparativos construção continuous declinação dica diferenças future gramática Inglês interrogative lista locução língua negative objeto ordem palavra past perfect pessoais portuguesa português present primeira pronome pronomes pronouns pronúncia redação relativos segunda sentido simple sufixo sujeito tempo tense terceira texto transitividade uso verb verbal verbo verbos vogal vídeo