Onomatopeias

Como não canso de falar aqui, o Inglês é uma língua oral, ou seja, que evolui muito mais da fala para a escrita. Uma das peculiaridades trazidas por esta característica é a constante inserção de onomatopeias no léxico (conjunto de palavras) do idioma. Estas acabam tornando-se verbos e/ou substantivos reconhecidos pela norma coloquial e, às vezes, até pela norma culta. Veja a lista abaixo:

bang: verbo estalar (no sentido de bater algo contra algo); subst. batida, estalo.
beep: verbo apitar; subst. apito. Originou em Português bipar.
burp: verbo arrotar.
cough: verbo tossir; subst. tosse. Pronuncia-se cóf.
hiccup: verbo soluçar; subst. soluço.
honk: verbo buzinar; subst. buzina.
moo: verbo mugir; subst. mugido.
quack: verbo grasnar, subst. grasno (o barulho feito pelo pato).
roar: verbo rugir; subst. rugido.
shush: verbo usado para pedir silêncio.
splash: verbo ou substantivo que definem quando algum líquido é derramado.

Estes são apenas exemplos de onomatopeias que deram origem a palavras na Língua Inglesa. Veja abaixo alguns exemplos:

When I was going to talk, she shushed me.
The cow is mooing a lot today.
When he entered the woods, he heard the roar.
They jumped in the pool at the same time, splashing everybody with cold water.



Deixe seu comentário:




adjetivo adjetivos comparatives comparativos construção continuous declinação dica diferenças future gramática Inglês interrogative lista locução modal negative objeto ordem past perfect pessoais português present primeira pronome pronomes pronouns pronúncia redação relativos segunda sentido simple sufixo sujeito tempo tempos tense tenses terceira texto transitividade uso verb verbais verbal verbo verbos vídeo