Problemas com falsos cognatos

Neste artigo trarei exemplos práticos de como os falsos cognatos podem trair os tradutores.

O primeiro que veremos foi encontrado por mim quando estava lendo o livro “As Brumas de Avalon: Senhora da Magia” (Marion Zimmer Bradley – Imago, 252 p.), e me deparei, na página 76, com o seguinte trecho:

i23a
Note a palavra destacada na imagem. O que poderia passar despercebido por um leitor leigo, chamou minha atenção pela falta de sentido dentro do contexto, já que automaticamente fui remetido à razão do problema: a palavra actually, que, diferente do traduzido, significa “na verdade”. Porém, ao considerarmos os conhecimentos básicos do Inglês, lembraremos que o sufixo +ly equivale ao conversor em advérbio +mente do Português, o que, unido à palavra actual, levou o tradutor à versão incorreta apresentada no livro. O correto então seria “- Na verdade, não -“.

Já o segundo problema com falsos cognatos foi encontrado na série Mithbusters, apresentada pelo canal de TV à cabo Discovery Channel, em um dos episódios da quinta temporada, um especial sobre piratas.

Em dado momento do episódio, enquanto os dois apresentadores terminavam sua caracterização de piratas, o narrador diz: “depois de Jamie a Adam colocarem os costumes (…)”. Este erro acaba se mostrando mais óbvio do que o primeiro, já que não existe sentido na frase “colocar os costumes”.

O problema aqui foi com o falso cognato costume, que, no sentido usado no programa, significa “fantasia”, embora seja escrito de forma idêntica à presente na Língua Portuguesa.

É por essas e outras que não custa reforçar: muito cuidado com os falsos cognatos. Eles podem comprometer a qualidade de um trabalho de tradução, por melhor que ele seja.



Deixe seu comentário:




adjetivo adjetivos comparatives comparativos construção continuous declinação dica diferenças future gramática Inglês interrogative lista locução língua negative objeto ordem palavra past perfect pessoais portuguesa português present primeira pronome pronomes pronouns pronúncia redação relativos segunda sentido simple sufixo sujeito tempo tense terceira texto transitividade uso verb verbal verbo verbos vogal vídeo