Sentido Literal x Sentido Figurado

Se preferir, assista ao vídeo sobre o assunto:

Sabe aquela história de dizer “literalmente”? Então! Aqui a gente vai ver o que isso “literalmente” quer dizer. Pode até parecer fácil, mas basta a gente dar uma olhada em como as pessoas têm interpretado textos ultimamente que fica clara a falta de domínio dessas características.

Preparado? Então vamos lá!

Sentido Literal é o sentido primário, primitivo, é o que a palavra quer dizer desde sua origem. Já o sentido figurado é um sentido atribuído posteriormente, um desvio do sentido original, seja de forma pensada, por meio das figuras de linguagem – daí o nome “figurado” – ou por falta de termos melhores.

O Sentido Literal também é chamado de Denotativo. Já o Sentido Figurado também é chamado de Conotativo.

Vamos ver na prática?

Dá uma olhada nesta frase:

“Aquela cobra morreu.”

Você diria que ela tem sentido denotativo ou figurado? A palavra “cobra” foi usada literalmente, ou figurativamente?

Na verdade, neste exemplo, só dá para entender o sentido dessa frase dentro de um contexto. Se a gente estiver falando em um zoológico, por exemplo, muito provavelmente foi o animal cobra, o réptil, que acabou de morrer. Já se a frase é dita numa reunião de condomínio, provavelmente quem morreu foi uma vizinha chata.

No primeiro caso, era literalmente uma cobra. Já no segundo, era figurativamente.

Outro exemplo, desta vez mais simples:

Qual o sentido da frase “eu estou morrendo de fome”?

99% das vezes, quando esta frase é dita, ela tem sentido conotativo, figurado, já que seu uso geralmente é uma hipérbole para expressar que a pessoa está com muita fome. Dificilmente a pessoa vai estar morrendo de fato.

Fácil, né!?

O problema é que muitas vezes as pessoas usam a palavra “literalmente” de forma errada, como ferramenta de ênfase, de intensidade. Não é raro a gente ouvir um narrador de futebol dizer:

“fulano tá literalmente pegando fogo!”

Será que se olharmos para a TV, veremos um jogador em chamas, gritando desesperado? Pegando fogo” é uma metáfora, uma forma de dizer que o fulano está jogando muito. Logo, não pode ser “literalmente”.

O mesmo acontece quando alguém diz “eu estou literalmente correndo contra o tempo.”

Não, você não está! O tempo não corre, ele é constante. E geralmente quando alguém diz isto não está correndo, está só fazendo tudo com muita pressa, o que é bem diferente.

Acho que ficou claro, né!?

E se você tiver dificuldade para lembrar dos nomes, Denotativo tem “d” de dicionário, ou seja, é o sentido literal. Já Conotativo tem “c” de coração, ou seja, é algo metafórico, e logo o sentido é figurado.

Você agora literalmente sabe um pouco mais sobre sentidos.

Um abraço!



Deixe seu comentário:




adjetivo adjetivos comparatives comparativos construção continuous declinação dica diferenças future gramática Inglês interrogative lista locução língua negative objeto ordem palavra past perfect pessoais portuguesa português present primeira pronome pronomes pronouns pronúncia redação relativos segunda sentido simple sufixo sujeito tempo tense terceira texto transitividade uso verb verbal verbo verbos vogal vídeo